Home // Archive by category "ABC"

CineCiência

Uma entrevista sobre divulgação científica

cropped-osame-2.jpg

    Entrevista concedida à Juliana Oliveira, do curso de Licenciatura em Química da FFCLRP – USP
  1. Quando começou seu interesse por ciências?

Como muitos de minha geração, creio que foi com o pouso da Apolo XI na Lua em 1969. Eu tinha apenas seis anos, mas ainda me lembro das imagens na TV. No ano seguinte, apareceu o cometa Benett, muito visível nos céus brasileiros, despertando meu interesse por astronomia. Acho que minha primeira mesada, com dez anos de idade, foi gasta com um livro de Astronomia (e outro de OVNIs…). Na mesma época, meu pai começou a comprar a coleção Os Cientistas, que vinha com experimentos a serem feitos. Acho que com doze anos eu já tinha meu telescópio, e fazia observações sistemáticas de manchas solares, fases de Vênus, anéis de Saturno, posição de Marte no céu e observação dos satélites de Júpiter. Aos treze anos, eu e um colega tentávamos fazer experimentos controlados de telepatia, clarividência e telecinesia. Aprendi a traçar gráficos e séries temporais plotando a frequência de relatos de OVNIs em função do tempo. Nunca deu em nada (claro!), mas aprendemos a fazer estatísticas e testes de significância. Nessa época acho que minha biblioteca já contava com cerca de cinquenta volumes, a maior parte de pseudociências (minha geração foi muito influenciada pelo livro O Despertar dos Mágicos, de Powels e Bergier e pela revista Planeta). Aprendíamos alguma coisa de ciência nesses meios, pois não havia muitos livros de divulgação científica propriamente dita. Ou seja, tudo se definiu antes dos treze anos de idade.

  1. Como começou seu interesse por divulgação científica?

Como leitor, como eu disse, primeiro foram os livros de pseudociências (que de um jeito ou outro nos estimulava como mistérios a serem solucionados cientificamente) e alguns livros de Astronomia. Mais tarde comecei a ler livros de Carl Sagan e outros. Não havia revistas de divulgação científica nem documentários, filmes ou museus de ciência. A revista Planeta, editada na época pelo escritor Ignácio de Loyola Brandão, mesmo com todo o seu pendor New Age e alternativo, trazia reportagens e notícias sobre ciência e tecnologia.

  1. Como você definiria divulgação científica e qual seria a importância da mesma para a sociedade atual?

Existem dois tipos de divulgação científica: o primeiro onde quem é mais favorecido são a ciência e os cientistas (divulgando seu trabalho, justificando os gastos públicos com a ciência, despertando novas vocações científicas, promovendo a educação e a cultura científica etc.) e o segundo em que o objetivo é empoderar o público leigo em ciências, fornecendo-lhes novos conceitos (e metáforas) para poder entender sistemas complexos como a sociedade, a economia, a história, a política etc. Dou um exemplo: se você procurar pela palavra pêndulo em um site de notícias como a FOLHA, Estadão ou G1, cerca da metade das vezes a palavra estará sendo usada como metáfora, tipo O pêndulo político oscilou do PT para o PSDB. Essa metáfora do pêndulo é pobre, reflete um conhecimento básico de física Newtoniana dado no ensino médio. Traduz uma ideologia mecanicista de como encarar a sociedade: outras metáforas Newtonianas aplicadas à sociedade são: forças sociais, equilíbrio de forças, tensão social, ruptura social, revolução, equilíbrio de poder etc. É uma mecânica estática, uma ideologia pobre, que constrange e limita o pensamento e a capacidade de pensar a sociedade de quem a está usando. Mas imagine que a divulgação científica familiarize o público com os conceitos de Caos, fractais, bacias de atração, pontos de bifurcação, transições de fase, auto-organização etc, temas hoje estudados pela Econofísica e Sociofísica. Um novo vocabulário, mais rico e poderoso, poderia ser usado para se pensar temas sociais, em vez de se usar a metáfora pobre e limitante do pêndulo, que envolve oscilações com período bem definido, é um sistema dinâmico de baixa dimensão etc.). Acho que o papel da cultura científica deveria ser empoderar as pessoas, e não apenas defender os interesses da ciência (uma tarefa válida também, mas não única). Tenho um artigo publicado sobre isso:

Metáforas científicas no discurso jornalístico

Rev. Bras. Ensino Fís. vol.34 no.4 São Paulo Oct./Dec. 2012

  1. O jornalista brasileiro está preparado para fazer divulgação científica?

Os que se especializaram em jornalismo científico tem boa preparação. Podem aprender algo com os blogueiros de ciência (e os blogueiros de ciência tem algo a aprender com os jornalistas, por exemplo não confrontar e afastar seus leitores especialmente em temas delicados como Evolução). Dou como exemplo de ótimo jornalista científico o da FOLHA Reinaldo José Lopes, responsável pelo blog Darwin e Deus.

  1. Por que muitos pesquisadores não se interessam por essa atividade?

Muitos pesquisadores não leem livros e revistas de divulgação científica, e nem mesmo romances de ficção científica. Reclamam de falta de tempo, mas me parece ser mais uma característica pessoal (não leem livros de Literatura também, não são leitores). Daí não surge a aspiração para contribuir com essa atividade. Além disso, é muito mais fácil escrever um paper do que um artigo ou livro de divulgação científica, pois os mesmos têm que ter estilo agradável, despertar o interesse do leitor, usar uma linguagem especial, acessível e sem jargões. Isso não é fácil para o pesquisador típico.

  1. Segundo as últimas pesquisas, o youtube é a quarta mídia mais acessada pelos brasileiros. Qual o potencial dessa mídia social como você explicaria o aparecimento de um grande número de vlogs que abordam ciência e tecnologia como principal temática?

Sim, parece que está é a grande onda do momento. Aqui no Laboratório de Divulgação Científica e Cientometria estamos organizando, em nossa página, um portal que redirecione para todos os vlogs de ciência em português que pudermos encontrar. Já temos um portal parecido, o Anel de Blogs Científicos, para os blogs em português.

  1. Como a divulgação de ciência e tecnologia poderia contribuir para a educação formal?

É uma leitura (ou no caso dos vídeos) mais agradável e instigante que as aulas formais. Acho que ajuda na motivação dos alunos e no despertar de vocações científicas. No caso dos alunos que não se dedicarão à ciência, acho que ajuda muito na criação de um background mínimo de cultura científica (idealmente com aquele papel de empoderamento que citei). Acho também que os vídeos e em especial os livros (que se aprofundam mais) deveriam ser aproveitados pelo menos pelos professores de ensino fundamental e médio. A maior parte dos professores não conhece, por exemplo, as revistas Scientific American Brasil e Revista Mente e Cérebro, e nunca leu um livro de divulgação científica. Recomendo que, se o problema é falta de tempo, assistam os ótimos documentários de divulgação científica da BBC, NATGEO e NOVA, que podem ser encontrados no YOUTUBE, assim como os novos Vlogs de ciências tais como o Nerdologia.

E Se? Usando Ficção Científica e Fantasia para ensinar Física

The New York Times

E se?

Livro ensina física por meio do absurdo

KENNETH CHANG
DO “NEW YORK TIMES”

Cinco anos atrás, quando estava dando uma palestra sobre física a estudantes do Ensino Médio no Massachusetts Institute of Technology, Randall Munroe percebeu que a plateia não estava muito interessada.

Ele estava tentando explicar o que são energia potencial e potência -conceitos que não são complexos, mas difíceis de entender.

Assim, no meio da palestra de três horas, Munroe, mais conhecido por ser o criador da HQ on-line xkcd, resolveu apelar para “Star Wars”.

“Pensei na cena de ‘O Império Contra-ataca’ em que Yoda tira a asa-X do pântano”, comentou.

“A ideia me ocorreu quando eu estava dando a aula.”

No lugar de definições abstratas (um objeto erguido ganha energia potencial porque vai se acelerar quando cair; a potência é o índice de mudança na energia), Munroe fez uma pergunta: quanta energia da Força seria Yoda capaz de produzir?

“Fiz uma versão aproximada do cálculo ali mesmo, na sala de aula, procurando as dimensões da nave na internet e medindo as coisas na cena no projetor, diante dos alunos”, contou. “Todos começaram a prestar atenção.”

Para a maioria das pessoas, a física não é interessante por si só. “As ferramentas só são divertidas quando a coisa com a qual você as utiliza é interessante.”

Os alunos começaram a fazer outras perguntas. “E o final de ‘O Senhor dos Anéis’, quando o olho de Sauron explode, quanta energia há nisso?”

A experiência inspirou Munroe a começar a pedir perguntas semelhantes dos leitores do xkcd.

Ele reuniu esse trabalho, incluindo uma versão dos cálculos que fez sobre Yoda e outros materiais novos, no livro “E se?”, lançado em setembro e que desde então está na lista dos livros de não ficção mais vendidos.

Como afirma sua capa, “E se?” é repleto de “respostas científicas sérias a perguntas hipotéticas absurdas”.

“O livro exercita a imaginação do leitor, e o humor espirituoso de Munroe é encantador”, comentou William Sanford Nye, mais conhecido como “Billy Nye, the Science Guy”. “Ele cria cenários que, por falta de um termo melhor, precisamos descrever como absurdos, mas que são muito instrutivos.”

O que aconteceria se você tentasse rebater uma bola de beisebol lançada a 90% da velocidade da luz? “A resposta é ‘muitas coisas’, e todas acontecem muito rapidamente. Não termina bem para o batedor (nem para o lançador).”

Se todo o mundo mirasse a Lua ao mesmo tempo com um ponteiro de laser, a Lua mudaria de cor? “Não se usássemos ponteiros de laser normais.”

Por quanto tempo um submarino nuclear poderia permanecer em órbita? “O submarino ficaria ótimo, mas seus tripulantes teriam problemas.”

As explicações são acompanhadas pelos mesmos desenhos e o mesmo humor nerd que garantiram a popularidade do xkcd. (O que significa xkcd? “É simplesmente uma palavra para a qual não existe pronúncia fonética”, explica o site do seriado on-line.)

Na época em que era estudante de física na Universidade Christopher Newport, na Virginia, Munroe começou a trabalhar como técnico independente em um projeto de robótica no Centro Langley de Pesquisas, da Nasa, e continuou depois de se formar.

Foi nessa época que ele começou a scanear seus desenhos rabiscados e colocá-los na web.

O contrato com a Nasa terminou em 2006, por decisão mútua das duas partes.

Munroe tornou-se cartunista em tempo integral e se mudou para a região de Boston porque, explicou, queria viver numa cidade maior, com mais coisas de geek para fazer. Em 2012 ele incluiu a parte de “E se?” no site.

Hoje ele recebe milhares de perguntas por semana. Muitas são evidentemente de estudantes à procura de ajuda com sua lição de casa. Outras podem ser respondidas com uma só palavra: “Não”.

“Uma das perguntas que recebi foi: ‘Existe algum equipamento comercial de mergulho que permita a sobrevivência debaixo de lava incandescente?'”, Munroe contou. “Não. Não existe.”

Munroe também gostava de fazer perguntas quando era criança. Na introdução do livro, ele conta que se perguntava se havia mais coisas duras ou moles no mundo. Essa conversa causou impressão tão forte à sua mãe que ela a anotou e guardou.

“Dizem que não existem perguntas estúpidas”, escreve Munroe, 30. “Isso não é verdade, obviamente. Acho que minha pergunta sobre as coisas duras e moles foi bastante estúpida. Mas tentar responder uma pergunta estúpida de modo completo pode levar você a alguns lugares muito interessantes.”

Sobre a validação de blogs científicos

Quais são os critérios usados para selecionar os blogs do ABC?

Por Osame Kinouchi

Por definição, a blogosfera científica é uma comunidade, e o objetivo do portal não é “patrulhar” a mesma, mas sim dar um acesso aos leitores, de forma concentrada em listas de links, para blogs científicos, quer sejam populares quer sejam pouco conhecidos. Entretanto,  é claro que a questão da qualidade dos blogs permanece pois ser incluído no portal implica pelo menos um aval do Laboratório de Divulgação Científica e Cientometria (LDCC-FFCLRP-USP).

Por outro lado, como poderíamos definir se um blog é científico, se não é possível definir ou demarcar (rigorosamente) o que é Ciência? Read more [+]

O que sai no Google quando você digita ABC?

  1. ABC Futebol Clube

    Site oficial do ABC Futebol Clube, com noticias, informações sobre o clube, ações de relacionamento com o torcedor alvinegro.

    www.abcfc.com.br/ – Em cache – Similares

  2. ABC.com – Official Site of the ABC Network

      [ Traduzir esta página ]

    Visit ABC online for information on ABC daytime and primetime network programming. Watch full episodes of your favorite ABC shows and browse exclusive 

    abc.go.com/ – Em cache – Similares

  3. Agência Brasileira de Cooperação – ABC

    ABC e Ministério das Cidades realizam oficina temática em urbanização para palestinos ABC a «arma de cooperação maciça» brasileira em África 
    www.abc.gov.br/ – Em cache – Similares
  4. Notícias sobre ABC

    Grande ABC gera mais de 24 mil vagas no semestre, segundo dados do ‎ – 4 minutos atrás

    O Grande ABC registrou saldo positivo de 24.347 vagas de emprego com carteira assinada no primeiro semestre deste ano, segundo dados do Caged (Cadastro 

    Diário do Grande ABC – 256 artigos relacionados »

  5. Banco ABC Brasil

    O Banco ABC Brasil é um banco multiplo especializado na concessão de crédito para empresas de médio e grande porte. A solidez do seu acionista controlador 
    www.abcbrasil.com.br/ – Em cache
  6. Academia Brasileira de Ciências

    14 jul. 2010  Membro da ABC desde 1961, o padre e entomologista Jesus Santiago Moure faleceu na manhã de sábado, dia 10, em Batatais, interior de São 
    www.abc.org.br/ – Em cache – Similares
  7. ABC. Noticias de España y del mundo – ABC.es

      [ Traduzir esta página ]

    ABC.es, periódico digital líder en España, ofrece noticias en español sobre el país y el resto del mundo. Toda la información y servicios.
    www.abc.es/ – Em cache – Similares
  8. ABC – Associação Brasileira de Cosmetologia

    Associação Brasileira de Cosmetologia (ABC) é uma entidade, fundada em abril de 1973, com objetivo de promover o desenvolvimento da Cosmetologia.
    www.abc-cosmetologia.org.br/ – Em cache – Similares
  9. ABC da Saúde

    Site Médico desenvolvido para esclarecer as dúvidas do público sobre Temas de Saúde. Aqui você encontra aqui mais de 630 artigos escritos por Especialistas 
    www.abcdasaude.com.br/ – Similares

Relançamento do Anel de Blogs Científicos

O Anel de Blogs Científicos será relançado semana que vem. Ver a página (ainda sem os links para blogs) aqui.
Desistimos de tentar consertar a vulnerabilidade do Joomla àquela peça de código que dava aviso de phishing no Google. Implementamos agora no WORDPRESS.
Estamos checando todos os blogs do antigo ABC para ver se ainda estão ativos, recategorizando alguns etc. Se você tem um blog científico que não estava listado no antigo ABC, vc pode deixar o link na lista de comentarios abaixo, ou enviar um email para lucashyp(arroba)gmail.com com dados sobre:
  • data de inicio do blog,
  • cidade ou estado de onde bloga,
  • sexo e formacao educacional do blogueiro(s) responsavel(eis) pelo blog,
  • categoria que deseja se inscrever.
As categorias são:
  • Astronomia e Astrofísica
  • Ciência Geral
  • Ciências Físicas
  • Ciências Químicas
  • Ciências Sociais
  • Ciências da Terra
  • Ciências da Vida
  • Matemática e Computacão
  • Tecnologia e Inovação
  • Ceticismo Científico
  • Ensino de Ciências
  • Ambientalismo
  • Humor, Literatura e Ficção científica
Se vc acha que o seu blog não se encaixa em nenhuma dessas categorias, sugira uma nova classe.
Privilégios dos blogs cadastrados no ABC:
1. Selo ABC de qualidade (a ser colocado na barra lateral do blog)
2. Votar e ser votado no prêmio ABC para blogs científicos
3. Desconto na taxa de inscricão do Encontro de Weblogs Científicos em Língua Portuguesa
4. Submeter material para publicação na revista eletrônica (com revisão por pares) BLOG Ciência, a ser lançada até o final do ano.
5. Eventualmente, pertencer ao corpo de pareceristas da revista BLOG Ciência.

SEMCIÊNCIA: Ciência, Cultura, Política e Religião

Natalie Portman faz viagem à África para conhecer como vivem os gorilas

A atriz gravou um especial para a TV em Ruanda

Respondendo a alguns amigos blogueiros:

none disse…

Mas digamos que haja um blogue de um religioso militante favorável às ciências – e que, sendo um tipo de anti-Dawkins, argumente que não é que a ciência é compatível com a religião, nem mesmo apenas que a ciência seja incompatível com o ateísmo e a falta de religião, mas sim que o conhecimento científico determina que os indivíduos sigam uma dada religião (uma tradicional ou uma nova). (Estou pensando em um exemplo bem específico e real – mas que não está na forma de blogue ainda.)

Esse blogue tem lugar no ABC?

“que o conhecimento científico determina que os indivíduos sigam uma dada religião (uma tradicional ou uma nova”)


Takata, é difícil acreditar que alguém razoável faça este tipo de afirmação. Por exemplo, não conheço nenhum teólogo que a faça, nem mesmo os criacionistas mais radicais a fazem. Assim, se você não citar o seu exemplo específico, fica difícil julgar.

Se um blog fizer tal afirmativa, ou seja, identificar uma religião como sendo científica (isso pode ocorrer no caso do Espiritismo, no caso da New Age, na Cientologia e talvez no caso do Criacionismo Bíblico), então tal blog será considerado pseudo-científico, pela definição adotada por nós: crença pseudo-científica é uma crença que afirma ser científica quando ainda não levou em conta de forma razoável as objeções da comunidade científica internacional.

Exemplo: Um blog sobre Supercordas é elegível para o ABC, pois embora não satisfaça alguns critérios de cientificidade (por exemplo, o critério de Popper de testabilidade para ciências naturais), satisfaz outros como:

1. Riqueza de resultados matemáticos (ou seja, é uma ciência formal),

2. Tentativa honesta de, em algum limite, compatibilizar os resultados com o conhecimento vigente, e responder aos argumentos contrários sem apelar a soluções ad hoc.

3. Esforço consistente para responder aos cientistas céticos em relação à esta abordagem.

4. Não “fugir da raia” apelando a teorias conspiratórias para explicar porque os cientistas não reconhecem aquele campo como ciência.

5. Minimização de uso de argumentos logicamente falaciosos e estatística mal trabalhada.

Creio que os blogs espíritas, new age, de criacionismo bíblico apresentam problemas nos itens 2, 3, 4, 5 (eles não têm obrigação de satisfazer o item1, claro!).

Os blogs de Desígnio Inteligente apresentam problemas nos itens 4 e 5.

Os blogs de Ufologia apresentam problemas nos itens 2, 3 e 4.

Lembremos também, que o Portal ABC é financiado pelo CNPq e visa criar uma interface entre blogueiros de ciência vinculados à comunidade científica (pesquisadores, professores, estudantes e cientistas amadores) e o público geral da internet. Nessa comunidade, os fenômenos paranormais, as religiões tradicioanais e as novas religiões são discutidos basicamente enquanto fenômenos culturais, de um ponto de vista academico, com bastante isenção jornalísstica, não de um ponto de vista de adeptos (crentes) religiosos, mesmo quando alguns blogueiros são religiosos assumidos (como é o caso de Reinaldo Lopes, do João Carlos e alguns outros, e mesmo de alguns fãs de ficção científica teológica como eu – acredito que a Bíblia é um interessante livro de FC).

Quanto a ser anti-Dawkins, bom, eu conheço vários ateus e agnósticos anti-Dawkins, o nosso amigo ainda não foi canonizado nem o livro o Delírio de Deus se tornou palavra sagrada para os ateus (embora seu número de páginas dá quase igual ao do Novo Testamento). Assim, ser anti-Dawkins não inviabiliza um blog para o ABC. Lembremos de novo que o portal ABC corresponde à blogosfera científica, onde muitos cientistas são religiosos, e não à blogosfera ateísta (onde muitos nem são cientistas).

Se alguém quiser fazer um projeto do CNPq para financiamento de um portal de ateismo, secularismo, racionalismo e humanismo ou qualquer outro ismo, eu desejo boa sorte, mas duvido que o CNPq vai gastar dinheiro com isso… Nem nas Ciências Humanas dar verba pública para isso seria admissível..

Creio que a resposta a essa pergunta ajude a pensar no destino de blogues do que você chama de ateísmo científico.
(Não estava falando em política sentido geral, mas sim em política *partidária*. Mas estava só zoando tb.)

O meu blog é de Ciência, Cultura e Política, como também é (ou deveriam ser) os blogs do Science Blogs Brasil. A Política partidária entra quando se discute propostas concretas, partidárias, discute temas ligados à educação, meio-ambiente, economia sustentável, relação entre ciência e religião, educação religiosa versus educação laica, etc. Pois o que nos afeta diretamente a nossa vida (na universidade, na ciência e tecnologia, na saúde, na educação) não são exatamente as politicas em geral, suprapartidárias, mas as politicas com p minúsculo, partidárias sim: Pró-Uni, criação de universidades Federais, ENEN, cotas, próximo ministro de C&T, política do etanol, do pré-sal, metas de redução de emissão de carbono etc…

Se for para dar minha opinião – que não vale nada – e se for para listar blogues de ateísmo, eu sou a favor de que se separem.
E, tendo que se refira ao Gene Repórter (ou mesmo a outros blogues meus – que não estão no ABC), seria mesmo uma supresa se se encaixasse em um “ateísmo científico”: se não por outra coisa, pelo fato de (acho que já tive algumas oportunidades de esclarecer este ponto) eu *não* ser ateu.

[]s, Roberto Takata 9:40 PM, Outubro 29, 2009

Os blogs de ateísmo filosófico, como os blogs dedicados a Nietzsche, que é um ícone do movimento de anti-cienência, podem ser colocados na categoria de Humanidades – embora essa categoria esteja meio deslocada no Anel de Blogs Científicos e talvez venha ser eliminada no futuro: afinal, chamar um cara de Humanidades de “cientista” é tido como uma “ofensa positivista”.


Os blogs de ateísmo científico são mais problemáticos. Até agora, têm sido colocados na seção de blogs de “Ciência Geral”, mas na verdade, seus propósitos, comunidade, objetivos, tipo de argumentação, estilo de linguagem (por exemplo, uso de piadas anti-semitas), uso de teorias conspiratórias como fator explicativo tipo “tal fato não é reconhecido por causa de uma conspiração dos religiosos”) etc. parecem configurar uma blogosfera a parte (sociologicamente parecida com a blogosfera do movimento New Age).

No entanto, ao contrário da Blogosfera New Age, que é pseudocientífica pelos nossos critérios – de novo, por não aceitar o grosso da visão científica da comunidade internacional) – os blogs de ateísmo científico aceitam e divulgam conhecimento científico. Sendo assim, são elegíveis para o ABC. Nossa intenção em promover uma categoria própria para os blogs ateus e céticos não é segregá-los, mas evitar uma confusão para o leitor em relação aos blogs da categoria de “Ciência Geral, ou seja, blogs que discutem ciência-cultura-política de maneira multidisciplinar”.

luisbr disse…

É um problema que surge quando queremos transformar um blog (semi-)pessoal em uma plataforma de divulgação da ciência. A mistura vai vazar em algum ponto. É o que está ocorrendo com o ´Semciencia´, toda hora aparece um post sobre a Marina Silva. Chato até o osso.
Sempre volto aqui para ler os textos sobre CIÊNCIA. 😉

Luis, você em parte está correto. Mas só em parte.

A maior parte dos posts sobre a Marina Silva tem a ver com a questão da relação entre ciência, ateísmo científico, religião e política. Ou seja, a questão científica ficou importante politicamente quando as pessoas dizem que Marina não é boa candidata por ser religiosa ou até mesmo “criacionista” (o que é falso e foi desmentido por ela, a menos que você redefina “criacionismo”). Como ela é a minha candidata, essas inverdades e meias-verdades me incomodam, especialmente quando vindas de blogueiros científicos, que deveriam ser mais cultos e informados.
Ou seja, tanto o ateísmo científico quanto a candidatura de Marina e sua repercussão para as questões da economia de baixo carbono, meio ambiente, e relações entre ciência e religião são temas relevantes atualmente – não para um blog jornalistico ciências como o Gluon Blog, talvez, mas certamente para um blog de colunismo científico opinativo como é o SEMCIÊNCIA.
Devemos lembrar também que o SEMCIÊNCIA segue o lema do SBB: ele trata de Ciência, Cultura e Política, e não apenas de Ciência!
Um blog mais comportado, com ênfase em ciência e mais apolítico, e sem foto da Natalie Portman nua, é o Senciência com “n” do WordPress (blog do mesmo autor deste e candidato ao SBB):
Dê uma olhada:
http://senciencia.wordpress.com

Sobre a relação entre jornalistas e cientistas

Eu não tinha percebido ainda, mas acho que a USP Ribeirão está com uma página nova na internet, bem legalzinha. Ver aqui.


Dali tirei esta notícia auto-referencial. Vou fazer alguns comentários, e me desculpe a jornalista Rose por isso, mas o tema tem a ver com a relação entre jornalistas e cientistas discutido no II EWCLiPo e por que os cientistas ficam meio ressabiados ao darem entrevistas (uma coisa que o Curió me perguntou também na entrevista da TV Tathi de sexta-feira).

Anel de Blogs Científicos cresce mil % em pouco mais de um ano
[OK, OK, as pessoas gostam de manchetes impressionantes… mas… dado que o portal não existia há dois anos, ou seja, tinha zero blogs, poderiamos dizer que ele cresceu infinito% em menos de dois anos…. É mais impressionante ainda, e matematicamente verdadeiro!]
Criado no ano passado pelo Departamento de Física e Matemática da Faculdade de Filosofia (FFCLRP), o Portal reúne hoje os principais blogs de ciência do País no endereço http://dfm.ffclrp.usp.br/ldc
[Acho que o portal foi criado NO DFM, não PELO DFM… a criação do portal não é responsabilidade ou passou pelo conselho do Departamento]

13/10/2009

No início, em março do ano passado, eram 25. Hoje são mais de 250 os blogs de ciências naturais, sociais e humanidades, organizados por categorias e cadastrados no Anel de Blogs Científicos, criado pelo Laboratório de Divulgação Científica e Cientometria (LDCC) do Departamento de Física e Matemática da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCLRP). O professor Osame Kinouchi Filho, um dos coordenadores do projeto [acho que sou o único professor-coordenador do projeto, a informação de que Monica Campiteli é a outra coordenadora do projeto, dada no USP Ribeirão, não procede], acredita que os principais blogs científicos de qualidade encontram-se no portal.

O Anel interliga interessados em divulgar ciência por meio de blogs e tem como objetivo também mapear toda a blogosfera científica de países de língua portuguesa e, ainda, ser uma porta de entrada para os leitores. Os próximos passos serão coletar informações estatísticas sobre esses blogs, para estabelecer o crescimento do número de blogs nesta categoria, ao longo do tempo, a distribuição geográfica, o tempo de vida, e estudar o impacto do twitter na dinâmica dos blogs.

Para o professor Kinouchi, é gratificante o nascimento de blogs de qualidade e com informações idôneas, o que dá maior visibilidade para esse tipo de mídia. “Esse é um meio de comunicação simples, direto e que oferece debate para o público”, comemora. [Não me lembro de ter declarado isso, mas… OK, eu poderia ter dito isso, acho que é uma parafrase do que falei na entrevista, então a jornalista não está errada. Mas que todo cientista sente arrepios ao ser “parafraseado” explica a relutância em dar entrevistas].

Apesar do ataque de hackers no servidor, o portal está funcionando normalmente e novos blogs são adicionados diariamente. Para participar do portal, é preciso solicitar o cadastramento do blog no endereço http://dfm.ffclrp.usp.br/ldc e colocar um link para o ABC na barra lateral [do seu blog]. Outra possibilidade é indicar um blog de ciência, enviando mensagem para o e-mail: lucashyp/@gmail.com. [[email protected], sem o / que inviabiliza a comunicação para o lucas!]

O projeto tem apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e é gerenciado atualmente pelos estudantes de iniciação científica Gustavo Miranda Forte e Lucas Hypólito.

Encontros de blogueiros

O sucesso da rede de blogueiros fez com que os coordenadores organizassem no ano passado o I Encontro de Weblogs Científicos em Língua Portuguesa (EWCLiPo), em Ribeirão Preto. Este ano já aconteceu o segundo encontro, organizado pelo professor Mauro Rebelo, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), quando foi discutida a relação entre blogueiros de ciência e jornalistas científicos. [Poderiam ter dado o link da UFRJ para a página do II EWCLiPo aqui]

Um dos aspectos abordados foi a questão dos jornalistas científicos não citarem como fontes os blogs e não colocarem links externos em seus textos [por exemplo, esta reportagem no site da USP poderia linkar para o portal em vez de escrever o comprido e não memorizável endereço de internet do mesmo!]. Segundo o professor Kinouchi, nesse aspecto, a revista Ciência Hoje sai na frente, pois já se comprometeu em citar blogs, inclusive com links de fontes originais de consultas.

Neste evento, segundo o professor, a neurocientista Suzana Herculano-Houzel, da UFRJ, falou da importância da divulgação científica pelo próprio cientista. Segundo ela, um blog pode ser o início de um livro, a exemplo do jornalista do G1 [ex-G1, agora na Folha de São Paulo], Reinaldo José Lopes, que deve lançar em breve obra com suas reportagens do site [na verdade um blog que era hospedadono G1, o Visões da Vida]. As apresentações desse evento, o II EWCLiPo, estão disponíveis no blog http://genereporter.blogspot.com [alguns podcasts de palestras. As apresentações serão disponibilizadas na página EWCLiPo do Portal, dentro de algumas semanas]

Prêmio e Festival

Este ano, o LDCC instituiu o prêmio ABC para blogs científicos, com destaque de blogs em seis categorias. A premiação ocorreu durante o II EWCLiPo. Segundo os organizadores, o prêmio é de crítica e não de público e a votação foi feita pelos pares. Os resultados da premiação podem ser conferidos no portal ABC http://dfm.ffclrp.usp.br/ldc/index.php/anel-de-blogs-cientificos. E as inovações não param por ai. Para o próximo ano, o grupo organiza o I Festival de Música Popular Científica, com o lema “Uma letra além da MPB”.

Eu agradeço muito à jornalista Rose por toda a atenção e destaque que ela nos deu no USP Ribeirão (uma reportagem de página inteira!), mas infelizmente teremos que pedir uma errata: é que nessa reportagem tem uma foto enorme de mim e da Mônica Campiteli, dizendo que Mônica é coordenadora do ABC. Na verdade, a foto foi feita para outra reportagem, que ainda não foi publicada, sobre o Prêmio Capes-Thomson de melhor artigo em cientometria, do qual Mônica é co-autora, prêmio no qual doei R$ 300 para ajudar o Pablo Batista a comprar um terno para ir para Brasília receber o mesmo… Como essa foto foi parar nesse reportagem eu ainda não entendi…

PS #portosemrede no Twitter: Pablo, por que você simplesmente não alugou um terno? Esses R$ 300 me ajudariam a pagar a escola (atrasada) da Juliana!

O erro não seria grave senão pelo fato de que, se fosse para sair alguma foto, ela deveria ser junto com o Gustavo Miranda Forte (Zedy), que é o webmaster do Portal ABC e, se tudo der certo, futuro mestrando com projeto no LDCC. Acho que uma errata com uma foto do Zedy cairia bem… O USP Ribeirão tem seção de “Erramos” ?

O II EWCLiPo acabou!

Fig 1. – A Penny do Cardoso vai acabar ficando famosa…

Fig. 2 – Debates científicos de alto nível
Fig. 3 – Preciso pegar uma praia amanhã.
Fig.4 – Minha palestra.

Estou com pena de quem não pode vir. Esse EWCLiPo em Arraial do Cabo foi o máximo, vai ficar na história. Participantes de altissimo nível, muita interação via bares e restaurantes. Quando eu tiver um teclado decente, escrevo um post maior.
Assim que pudermos, iremos colocar as palestras do II EWCLiPo na rede, para vocês ficarem chupando o dedo…
Por enquanto, as primeiras fotos do encontro podem ser encontradas neste Flickr do Cardoso.

Prêmio ABC para blogs científicos: resultados finais

Os primeiros lugares ganharão um troféu do Prêmio ABC e diploma.
Segundos e terceiros lugares ganham diploma.

Premiação – Votos – Nome do Blog

Ambiente e Ciências da Terra

1) 26 * Rastro de Carbono (BR)
2) 16 * Geófagos (BR)
3) 13 * Ecodesenvolvimento (BR)

Ciência Geral, Política Científica e Tecnologia

1) 20 * 100nexos (BR)
2) 14 * 42 (BR)
3) 11 * SemCiência (BR)
3) 11 * Xis-Xis (BR)

Ciências da Vida

1) 23 * Brontossauros em Meu Jardim (BR)
2) 16 * Rainha Vermelha (BR)
3) 12 * RNA Mensageiro (BR)

Química, Física e Astronomia , Matemática e Computação

1) 21 * Chi Vó Non Pó (BR)
2) 12 * Ars Physica (BR)
3) 6 * Big Bang Blog (BR)
3) 6 * Física na Veia (BR)
3) 6 * Desafios Matemáticos (PT)
3) 6 * Café com Ciência (BR)

Ciências Sociais e Humanidades , Educação e Blogs Didáticos

1) 22 * Chapéu, Chicote e Carbono-14 (BR)
2) 10 * Tubo de Ensaios (BR)
3) 7 * Vídeos para o Ensino da Física e da Química (PT)

Mente e Cérebro, Saúde e Medicina

1) 22 * Ecce Medicus (BR)
2) 17 * A Neurocientista de Plantão (BR)
3) 10 * Blog da Revista Mente e Cérebro (BR)
3) 10 * Bala Mágica (BR)

Resultado da votação Prêmio ABC para blogs científicos

Daqui a pouco anuncio os vencedores. Aqui vai o quadro total de votos:

Ambiente e Ciências da Terra

10 * Bafana Ciência (BR)
3 * Biodiverso (BR)
3 * BioTerra (PT)
2 * Blog do Jogo Limpo (BR)
2 * Blog do Planeta (BR)
0 * Blog do Thope (BR)
0 * Blogeologia (BR)
3 * Caminhos Do Conhecimento (BR)
10 * Cientista Curioso (PT)
2 * Conexão Bio (BR)
3 * Ecocriações – Arquitetura Sustentavel (PT)
13 * Ecodesenvolvimento (BR)
1 * EcoMais (BR)
1 * Factorama (BR)
16 * Geófagos (BR)
2 * Geosaber (BR)
2 * Inteligência Ecológica (BR)
3 * Meio Ambiente e Derivados (BR)
0 * Quo Vadis, Empresa Brasileira (BR)
26 * Rastro de Carbono (BR)
0 * Rede Reservas Extrativistas (BR)
2 * Teia Viva (BR)
1 * Terra Que Gira (PT)
3 * ULE – União Local de Ecólogos (Inpa) (BR)
8 * Uma Malla pelo Mundo (BR)
3 * Viver no Campo (PT)
10 * Vivo Verde (BR)

Ciência Geral

20 * 100nexos (BR)
14 * 42 (BR)
3 * 8 minutos-luz (PT)
3 * A Aba de Heisenberg (PT)
2 * A Apologia do Eu (PT)
0 * Barbárie Avante (BR)
1 * Ciência 2.0 (BR)
3 * Ciência à Bessa (BR)
4 * Ciência Hoje (PT)
7 * Ciência na Mídia (BR)
2 * Ciência no Quotidiano (BR)
1 * Ciência Pública (BR)
2 * Ciência Tube (BR)
0 * Ciencine (BR)
0 * Citrus (BR)
3 * Coletivo Ácido Cético (BR)
1 * Comédia e Siência (BR)
5 * Crónica de Ciência (PT)
1 * Cultura Científica (BR)
8 * De Rerum Natura (PT)
0 * Entropicando Ciência (BR)
4 * Glúon/Blog (BR)
3 * Humor na Ciência (BR)
1 * HypeScience (BR)
6 * Idéias Cretinas (BR)
1 * Invariância (PT)
6 * Laboratório – Blog da Folha (BR)
1 * Laudas Críticas (BR)
4 * Liga das Ciências (BR)
0 * Meu amigo Soxhlet (BR)
0 * Milliways Lounge (BR)
0 * n-Dimensional (BR)
0 * Na Copa Das Árvores (PT)
0 * O Avesso do Avesso (PT)
0 * O Cientista (BR)
1 * O Dragão da Garagem (BR)
0 * O Estrelado (PT)
0 * Olhar Comportamental (BR)
0 * Pitáculos em Ciências (BR)
0 * Projeto S.I.L.I. (BR)
1 * Raio X (BR)
0 * Ronaldo Mota (BR)
0 * Salada de Números (BR)
0 * Sem Rumo (BR)
11 * SemCiência (BR)
0 * Sono Consciente (PT)
0 * Uniclabjor (BR)
0 * Universidade Jean Piaget – Pólo de Benguela (AN)
3 * Universo Físico (BR)
11 * Xis-Xis (BR)

Política Científica

3 * Ciência Brasil (BR)
0 * Que Universidade? (PT)
1 * Research Café (PT)
1 * Sum Over Histories (BR)

Ciências da Vida

0 * Adaptações (BR)
5 * Biocistron (BR)
0 * Biologia Evolutiva (BR)
6 * Biólogo Pensante (BR)
2 * Bioquímica (s)em rede (PT)
0 * Blog das Pragas (BR)
1 * Blogómica (BR)
23 * Brontossauros em Meu Jardim (BR)
2 * Caapora (BR)
4 * Cais de Gaia (PT)
3 * Ciência ao Natural (BR)
8 * Ciência e Idéias (BR)
2 * Ciência em Dia (BR)
3 * Diário de Biologia (BR)
0 * Diário de um português no coração da África (PT)
1 * Dias com árvores (PT)
9 * Discutindo Ecologia (BR)
1 * Efeito Adverso (BR)
2 * Espiral (BR)
0 * Gene Repórter (BR)
1 * Idéias Antigas (BR)
0 * Insectos a florir (PT)
1 * Lusodinos (PT)
1 * Mamãe Passou Açúcar em Mim (BR)
1 * Marco Evolutivo (BR)
5 * MHP-Bio (BR)
1 * Nebioq-Up (PT)
2 * O Amigo de Wigner (BR)
1 * Observar, Descrever, Analisar (BR)
1 * Orquidofilia e Orquidologia (BR)
2 * Plantas aromáticas, medicinais e condimentares (PT)
3 * Polegar Opositor (BR)
0 * Poukosciencia (PT)
1 * Quinta do Sargaçal (PT)
16 * Rainha Vermelha (BR)
12 * RNA Mensageiro (BR)
0 * RNAse Free (BR)
0 * Sil-Biologia (BR)
2 * Um Longo Argumento (BR)
0 * Via Gene (BR)
3 * Visões da Vida (BR)
10 * Você que é Biólogo… (BR)

Qímica, Física e Astronomia

2 * Aprendendo Química ! (BR)
12 * Ars Physica (BR)
5 * As Incríveis Aventuras das Supercordas (BR)
4 * Atlas (BR)
6 * Big Bang Blog (BR)
2 * Bioquímicas (s)em rede (PT)
0 * Blog da Maçã (BR)
0 * Blog do IFT (BR)
6 * Café com Ciência (BR)
21 * Chi Vó Non Pó (BR)
0 * Comentários, Críticas, Dicas, etc (BR)
2 * Curiofísica (BR)
0 * Desenhando Ciência (BR)
2 * Efeito Joule (BR)
2 * Este ou Aquele (BR)
1 * Eternos Aprendizes (BR)
1 * Eu Mesmo (PT)
2 * Física com Química (BR)]
4 * Física e Química – Ciência no Cotidiano (PT)
6 * Física na Veia (BR)
0 * Física Teórica (BR)
5 * Físico Maluco (BR)
0 * FísicosLX (PT)
2 * Galáctica – Astronomia (PT)
0 * LabNet (BR)
0 * Luciano Bachmann (BR)
5 * Massa Crítica (BR)
3 * Micro/Macro – Marcelo Gleiser (BR)
0 * Mulher das Estrelas (BR)
0 * Notas em CFD (BR)
4 * Observatório (BR)
4 * Pesquisas de Química (BR)
0 * Physics-ACT (BR)
1 * Pion – Site da SBF (BR)
1 * Plutão não é um planeta (PT)
1 * Ponto Triplo (PT)
1 * Por Dentro da Ciência (BR)
0 * Pró-Ciência (BR)
1 * Química de Produtos Naturais (BR)
1 * Radiante (PT)
1 * Relógios de Sol (BR)
0 * Revista News Physika (BR)
0 * S.O.S. Física (BR)
1 * Tecnoclasta (BR)
2 * Thadeu Penna’s Wiki (BR)

Matemática e Computação

0 * + Mat (PT)
3 * Crônicas de Um Cotidiano Geek (BR)
6 * Desafios Matemáticos (PT)
0 * Geramat (PT)
0 * Pensamentos Tecnológicos (BR)

Tecnologia

1 * Digital Drops (BR)
0 * Inovação (BR)
4 * Inovação Tecnológica (BR)
0 * Inve$timetria (BR)
0 * NoWires (BR)
1 * Renato Cruz – Estadão (BR)
2 * Tecnoblog (BR)

Ciências Sociais e Humanidades

1 * África de todos os sonhos (PT)
4 * Blog de Attico Chassot (BR)
1 * Blog do Mércio (BR)
3 * Brainstormers (BR)
4 * Caderno de Sociologia (PT)
0 * Causarum Cognitio
22 * Chapéu, Chicote e Carbono-14 (BR)
0 * Crítica da Domideologia (BR)
1 * Estudos Humeanos (BR)
0 * Filosofando na Penumbra (BR)
4 * Freud Explica (BR)
1 * Idéias Peregrinas (PT)
3 * Incautos de Ontem (BR)
0 * Laboratório Itinerante de Ensino de Sociologia (BR)
2 * lingüí[email protected] (BR)
1 * Modos de Fazer Mundos (BR)
2 * Os Humanos (BR)
2 * Portal Philosophia (BR)
0 * Spíndola Blog (AN)
1 * Um Olhar a Cada Dia (BR)

Educação e Blogs Didáticos

5 * A Educadora (BR)
0 * Angola Educação Século XXI (AN)
1 * Associação Juvenil de Ciência (BR)
6 * Átomo e meio (PT)
2 * Biologia Que Me Pariu (BR)
4 * Diário do Professor (BR)
1 * Dicas de Ciência (BR)
2 * Ensino de Química (BR)
4 * Guto e Dadá (BR)
0 * Idéias em Blog (BR)
0 * Informática Educativa (BR)
1 * Os Cientistas (BR)
1 * Pedagogia Normal & Superior (BR)
0 * Planos de aula (BR)
4 * Ponto Ciência (BR)
1 * Questões de Física (BR)
5 * Quimilokos (BR)
1 * Rede Vivo de Educação (BR)
0 * Sobre Educação (BR)
1 * Teia Educacional (BR)
3 * Toque de Ciência (BR)
10 * Tubo de Ensaios (BR)
7 * Vídeos para o Ensino da Física e da Química (PT)

Mente e Cérebro

17 * A Neurocientista de Plantão (BR)
10 * Blog da Revista Mente e Cérebro (BR)
0 * Blog do Roque (BR)
4 * Ciências & Cognição (BR)
5 * Científica Mente (BR)
1 * coNeCte (BR)
3 * Homo Complexus (BR)
3 * Investigações em Inteligência Artificial (BR)
2 * Neconomia (PT)
1 * NeuroNews-Notícias de Neurociências (BR)
3 * Polyphrenia (BR)
1 * Psicologia Cognitiva (BR)
1 * Psicologia dos Psicologos (BR)
0 * Psicologia na Net (BR)
8 * Psicológico (BR)
2 * SerPsico (BR)
3 * Sinapse Oculta (BR)
2 * Vôo de Galinha (BR)

Saúde e Medicina

4 * Amiga do Boldrini (BR)
10 * Bala Mágica (BR)
3 * BlogMed.Com (BR)
1 * Clube da Evidência (BR)
1 * Cuidado com a gripe suína (BR)
1 * [email protected] (BR)
0 * DTM e Dor Orofacial (BR)
22 * Ecce Medicus (BR)
9 * História da Medicina (BR)
0 * Influenza A (H1N1) Blog (BR)
0 * LaPraCSCE (BR)
1 * Núcleo de Saúde (BR)
2 * Nupfah (PT)
2 * O Médico e o Paciente (BR)
1 * Saúde e Vida (BR)
5 * Viver a Ciência (PT)

Atenção Portugal, a votação do Prêmio ABC termina dia 17

Atenção blogueiros de Portugal e países lusófonos. A votação do Premio ABC para blogs científicos se encerra dia 17, às 18h. Você que é blogueiro cadastrado no ABC, já votou?

Inaugurado o Twitter do Anel de Blogs Científicos

Lançado aí na barra lateral o Twitter do Anel de Blogs Científicos do Laboratório de Divulgação Científica do DFM- FFCLRP-USP. No Twitter, siga: ABCLDC
Serão seguidos pelo ABCLDC os twitters de blogueiros já cadastrados no ABC. Para participar, basta começar a nos seguir e se identificar como um blogueiro do ABC. Daí seguiremos você, de modo que suas mensagens aparecerão no ABCLDC.

Prêmio ABC para blogs científicios está no ar!

Se você participa do Anel de Blogs Científicos, já deve ter recebido a senha para a votação (que se encerra às 18h do dia 17 de setembro).


O link para a janela de votação está aqui.

Alguns comentários sobre a iniciativa:

Vitor PamplonaTwitter |143.54.13.Xxx |2009-09-10 13:40:56
Quando teremos um Anel de Twitters Científicos?

Parabéns galera!!

Responder | Citar

Em breve, Vitor, em breve..

0 0

Gustavo Zedy Miranda ForteSenhas |SAdministrator |2009-09-10 12:36:42
Pessoal, se a senha não funcionar, favor entrar em contato via ldc.abc[at]gmail.com

Obrigado pela compreensão.

Responder | Citar
0 0

Tatiana NahasMuito bom! |201.52.1.Xxx |2009-09-10 12:30:11
Gente, acabei de votar e quis só dar um alô de parabéns pra vocês por todo o trabalho de detecção e classificação dos blogs, de organização do encontro de blogueiros, da organização do prêmio… enfim, vocês mandaram muito bem em tudo! Parabéns mesmo!
Responder | Citar

Obrigado Tatiana, mas os méritos da organização do II EWCLiPo este ano são da comissão organizadora nacional, e não do portal ABC.

0 0

Prof. Luís EduardoGrande iniciativa |200.144.75.Xxx |2009-09-10 11:44:11
Meus parabéns pela excelente iniciativa!
A divulgação científica por meio de blogs já é uma realidade no Brasil e iniciativas como esta são ótimas oportunidades para conhecer novos contatos.
Responder | Citar

Dê um pulo no II EWCLiPo, Luís!

0 0

Daniel Doro FerranteArs Physica |128.230.173.Xxx |2009-09-10 11:13:10
Um dos blogs mais robustos de divulgação de Física na blogosfera lusófona.

Obrigado Daniel! Você quis se referir ao ABC ou ao Ars Physica? Você já está de volta ao Brasil? Vai ao EWCLiPo?

Votação do Prêmio ABC começa dia 10!

Votação começa dia 10 de setembro!
No dia 10 colocaremos uma janela de votação no ABC. A votação fecha no dia 17 às 18horas. Você poderá votar em três blogs de cada categoria, mais um blog para cada categoria humorística. Se você ainda não está com seu blog no ABC, peça o cadastramento em qualquer janela de comentário do site ou diretamente para [email protected]

Os prêmios serão entregues às 20 horas do sábado,dia 26 de setembro, no Hotel Ressurgencia, em Arraial do Cabo – RJ. Veja aqui na página do EWCLiPo. Se você for premiado mas não puder ir, indique um representante entra as pessoas que estão inscritas (ver aqui). Os blogs de Portugal premiados receberão o prêmio pelo correio (a menos que o blogueiro dê um pulinho em Arraial…)

O primeiro colocado de cada categoria receberá um troféu em acrílico. Os segundos e terceiros colocados receberão diploma. Apenas o primeiro colocado de cada categoria humorística receberá premio: um troféu humorístico surpresa… Participe!

PS: O troféu é diferente da figura acima.



Selo do Anel de Blogs Científicos

André de Oliveira gentilmente nos enviou este selo para o Anel de Blogs Científicos. Quem quiser usar, fique a vontade!

Estamos formando um blog de apresentação para um projeto sobre o ensino de sociologia nas escolas.
O blog não está totalmente pronto, estamos no começo do projeto e em fase de formulação de conteúdo.

Nosso blog:
-> http://labitinerante.blogspot.com/

E além de tudo, fizemos também uma ‘stamp’ com o link do portal abc para nosso blogroll. Sintam-se livres para se apropriarem dele.

Stamp ABC:

Posted image

->http://img32.imageshack.us/img32/8104/ldcabc.gif

Inclusão de novos blogs no Anel de Blogs Científicos

O Anel de Blogs Científicos está organizando seus blogs por categorias, independente do país (lusófono) de origem. Gostariamos que essas categorias fossem entendidas como (potenciais) mini-blogosferas, os blogs de biologia poderiam se conhecer melhor e formar links, assim como os blogs de matemática, de física, de astronomia, de psicologia, de filosofia etc.
O trabalho de mapeamento de blogs continua: se voce quiser sugerir novos blogs, use a janela de comentários. Em especial, temos interessem em encontrar blogs de países de língua portuguesa na Africa e Ásia. 

Portal ABC atinge 100 blogs científicos brasileiros!

O Portal ABC está mais amigável, com blogs de ciência classificados em grandes categorias e visualização por Snapshots. Atingimos hoje uma listagem de cem blogs brasileiros. Dê uma visitinha. Semana que vêm será instalada a página de blogs de Portugal e demais países de língua portuguesa. Em especial, estamos procurando blogs de ciência em paises africanos. Você conhece algum?

  1. Se você não está satisfeito com a classe onde foi colocado seu blog, escreva nos comentários na própria página do ABC.
  2. Se você quer sugerir um blog, coloque o link nos comentários para nossa avaliação.
  3. Se você quer uma outra redação para a descrição do seu blog, igualmente entre em contato através dos comentários.

Pedimos duas contrapartidas:

  1. Você deve cadastrar seu blog no site do Technorati, para obtermos dados estatísticos sobre ele.
  2. Você deve colocar um link para o ABC no seu blogroll de seu blog.

I Encontro de Blogs Científicos em Língua Portuguesa


O I EWCLiPo está confirmado para dos dias 11-12 de dezembro, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – USP. Veja aqui as primeiras informações sobre os palestrantes confirmados. 

Infelizmente, por motivos de financiamento, não será possível trazer algum representante de Portugal e outros países de língua portuguesa. Esperamos que esta falha seja sanada em nosso próximo encontro.