Home // Política // Marina Silva // Miguel Nicolelis para presidente!

Miguel Nicolelis para presidente!

Embora eu seja um ateu do futebol (acredito sinceramente que o predomínio de tal esporte é prejudicial para a sociedade, acho que é um celeiro de fanáticos capazes de matar quem não é do seu time, acho a FIFA corrupta e com indevido poder político etc), eu votaria em Miguel Nicolelis para presidente.
Acho que alguns blogueiros de ciência diriam que Miguel não pode ser presidente porque é Palmeirense fanático. E como todos sabemos, se um palmeirense ganhar a presidencia, o Palmeiras irá dominar o Brasil, apenas cientistas palmeirenses receberão verbas do CNPq, o Palmeirismo será ensinado nas escolas e os Corinthianos serão perseguidos e serão levados para campos de concentração com a desculpa de que é apenas concentração em campo de futebol.
Sendo palmeirense e torcedor, Miguel tem fé (irracional) no Palmeiras e acredita em pensamento mágico. Por exemplo, ele “torce” o corpo durante um jogo, tentando influenciar com o poder da mente a entrada da bola no gol – uma prova de que não acredita nas leis de Newton.
Mesmo assim, eu votaria no Miguel. Pois acredito que quem estabelece as leis no final das contas é o Legislativo, e que a mídia e a sociedade civil saberão conter Miguel caso ele queira substituir o laicismo brasileiro pelo Palmeirismo…
PS: Richard Dawkins diria que Nicolelis não serve para presidente porque educou desde pequenos seus três filhos no Palmeirismo, sem lhes dar opção de livre-escolha racional. Segundo Dawkins, este é um estupro mental mais grave que o estupro físico, e todo pai que faz isso deveria ser processado e preso.
Posted in Marina Silva and tagged as , ,

2 Comments

  • ah não, osame, você me obriga a confessar: só votei no lula por 5 eleições seguidas porque ele é corintiano.
    um palmeirense desses, não sei. mas vou defendê-lo numa coisa: ele torce o corpo durante o jogo porque, se dos estados unidos a macaca idóia consegue mover um robô no japão com seus próprios movimentos, por que ele não conseguiria fazer o mesmo dentro de um estádio? deformação profissional, nesse caso.

  • Estou escrevendo um livro, “Futebol, um Delírio”. Talvez com isso os ateus do futebol como eu saiam do armário de comecem uma campanha para eliminar o futebol do Brasil, ou pelo menos garantir que a CBF não seja subvencionada pelo Estado laico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.