Home // Cultura // Retiro o que disse sobre o pai de Mayara

Retiro o que disse sobre o pai de Mayara

Num post anterior comentei que as opiniões racistas, classistas e xenofóbicas de Mayara poderiam estar refletindo as opiniões da família dela. Bom, retiro o que disse.

‘Se ela escreveu aquilo, vai ter que pagar’, diz pai de estudante acusada de racismo

“A gente acha que os tempos são modernos, mas ainda é como Roma. O pessoal mata e depois aplaude”, diz à Folha Antonino Petruso, pai da estudante Mayara Petruso, 21, investigada pelo Ministério Público Federal de São Paulo por suposto crime de racismo após mensagens anti-nordestinos postadas no Twitter.

No domingo, após Dilma Rousseff (PT) ser anunciada vencedora das eleições, Mayara publicou no Twitter um pedido: que matassem os nordestinos afogados.

Como vários usuários de redes sociais, a universitária responsabilizava o Nordeste pela vitória –que, na verdade, teria acontecido mesmo sem os votos da região.

Polícia de SP abre inquérito para investigar suposto crime de racismo

Dono do Supermercado do Papai, em Bragança Paulista (interior de São Paulo), onde mora, Antonino diz não ter um bom relacionamento com Mayara. Tampouco se dão bem, segundo Antonino, a estudante e as três irmãs dela.

A garota é fruto de um relacionamento extraconjugal dele.

Ele afirma que vai repensar se continua com os depósitos bancários mensais na conta da filha. A ajuda financeira, explicou, era voluntária, pois ela já é maior de idade.

“Tenho raiva de quem faz preconceito, seja amarelo, branco, azul, pobre, rico. Se ela realmente escreveu aquilo, vai ter que pagar.”

Posted in Cultura, Política, Sem categoria and tagged as , , , , ,

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.